domingo, 11 de dezembro de 2016

[Resenha] Petrus Logus #2 Os Inimigos da Humanidade | Augusto Cury


 Ficha Técnica:

Livro: Os Inimigos da Humanidade
Serie: Petrus Logus
Volume: #2
Paginas: 280
Ano: 2016
Autor: Augusto Cury
Editora: Benvirá



  Essa é a aguardada continuação de Petrus Logus e o Guardião do Tempo, onde o nosso jovem príncipe Petrus, começou sua jornada para mudar as injustiças no reino de Cosmus, feitas até então por seu pai e rei Apolo, mas com a ajuda e manipulação de seus conselheiros reias.

  No final do livro anterior, Petrus tinha ganhado a habilidade de viajar no tempo, para o passado e poder aprender com os grandes sábios, mas não apenas isso, ele também aprendeu a lutar com grandes guerreiros, assim, junto dos seus amigos Laurus, Santoros e sua amada Nathila, foram em busca de mudar o reino - e também se tornaram foragidos.

  Aqui nos teremos uma batalha decisiva para a sucessão do trono entre Petrus e seu irmão Laxus. Os dois desde o começo tinham uma rivalidade, enquanto Petrus pensa com o cérebro, seu irmão pensa com os músculos, sem mencionar que se aliou aos conselheiros corruptos do reino. A decisão vai ser meio óbvia, tem um pouco de drama e tals, mas nada que nos pegue de surpresa.

  E por falar em surpresa.

  Iremos conhecer quem realmente está no comando de tudo, literalmente tudo. Eles se chamam x, e estão manipulando todos os personagens de longe, com um objetivo desconhecido até então. Eu fiquei me perguntando o tempo todo o que eles eram. Humanos? Alienígenas? Robôs? Eles não parecem terem sidos afetados pelas grandes guerras, muito menos terem uma vida normal. De qualquer maneira, eles tem bastante conhecimento e tecnologia de ponta a seu dispor.

  Mas, embora Petrus seja seu objetivo, eles não se encontrarão logo no começo, até porque o jovem príncipe tem muito o que fazer... Ele irá mais além do que o imaginado, ele irá salvar aldeias, unira religiões, libertará escravos, conhecera os mutantes e, é claro, fazer novos amigos.

  "Como já tinha falado do outro livro, Petrus Logos tem uma historia incrível, mas fica perdida/escondida em tantas frases de autoajuda, o que para mim se tornava algo cansativo durante a leitura. Sim, eu sei que autoajuda, é a especialidade do autor. Nesse volume tivemos mais aventura, romances, e muitas revelações, e, eu te garanto que você não adivinharia nenhuma ao ler."

2 comentários:

 renata massa