terça-feira, 5 de maio de 2015

[Resenha] Timmy Fiasco Errar é Humano

Livro: Timmy Fiasco Errar é Humano
Serie: Timmy Fiasco #1
Paginas: 301
Autor: Stephan Pastis
Editora: Rocco
Selo: Jovens Leitores
Este livro foi enviado como cortesia para resenha

"Meu nome é Fiasco. Timmy Fiasco. Sou fundador, presidente e diretor executivo da melhor agência de detetives da cidade, provavelmente do pais."


  Este livro conta a historia de Timmy Fiasco, um jovem detetive que dedica sua vida a resolver diversos crimes, isso tudo é claro com a ajuda de seu sócio Total - um urso polar - o local de seu escritório é no closet da sua mãe - local temporário - enquanto não aluga um escritório, no prédio recém inaugurado na cidade.

  Nos também somos apresentados aos "amigos" do Timmy, que são muito engraçados sendo eles Rollo Tookus, um garoto gordo muito inteligente, mas que vive se metendo em confusão por causa do Timmy, temos Molly Moskins, uma garota que tem cheiro de tangerina e está loucamente apaixonada por Timmy, e por último temos a Corrina Corrina, única concorrente da Fiasco Total, ao contrario de Timmy, ela tem seu escritório no Banco do seu Pai, e sem contar sua inteligência para resolver os casos.

  Um detalhe que não mencionei sobre o Timmy, é que ele mesmo tendo as pistas e até mesmo a solução do seus casos na sua frente, ele não enxerga e acaba fazendo uma confusão envolvendo pessoas que não tem nada haver com a historia.


  Enquanto ele estava resolvendo um de seus casos, Timmy estacionou o Fiascomovel - patinete de sua mãe, que alias ele pegou sem pedir - em frente a casa de seu cliente, mas ao sair da casa descobriu que ele havia sumido!! E agora o que poderia ter acontecido?

  Esse será basicamente o grande caso do livro, e dentre os suspeitos mais prováveis está Corrina Corrina, sua rival detetive, mas conhecida como Maligna, mas para Timmy provar que ela roubou mesmo o Fiascomovel, vai ser muito engraçado, ele vai tentar invadir seu escritório, irá roubar o diário dela e muitas outras coisas que só lendo para saber.



"Esse com certeza foi um dos livros mais engraçados que eu já li, serio, não conseguia parar de rir nas partes do Rollo Tookus, mas claro tem o fator Timmy, que quando você pega o livro é vê que ele é detetive, pensa que ele deve ser muito inteligente, mas não é bem isso que acontece no livro, podemos ver isso nos casos que ele - não - resolve e nas aulas da escola, mas é nessas partes que fica o humor do livro, e é claro ele é uma criança muito sonhadora e que desde pequeno já sabe o que quer ser 'Um grande Detetive'."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa