terça-feira, 23 de setembro de 2014

Resenha: The Flash #1


Hq: The Flash #1
Autor: Francis Manapul e Brian Buccellato
Editora: DC Comics
Nota: 5/5

"Só estou brincando! Sei que esse foi um grande passo pra você...Já que só levou dois anos pra me chamar pra sair.
Eu sou metódico, Patty.
Não estou reclamando, os metódicos tem seu charme."

  The Flash com certeza é uma das melhores hqs que eu já li, e por ser de apenas 22 paginas não tenho muito o que falar, mas vou tentar fazer a resenha.


  " Atingido por um relâmpago e banhado em produtos químicos, o cientista forense de Central City Barry Allen foi transformado no homem mais rápido do mundo. Conectando-se ao campo energético chamado de força da aceleração, ele emprega um obstinada senso de justiça para proteger e servir o mundo como Flash."

   Barry está no seu primeiro encontro com Patty, após dois metódicos anos sendo só amigos( serio dois anos para chamar uma garota para sair??), e eles vão para uma festa onde estão todas as pessoas mais ricas da cidade, e isso com certeza vai atrair algum ladrão.

   E como tinha falado os ladrões aparecem na festa e roubam um objeto de um projeto, mas no meio da confusão Berry se transforma em Flash e quase no ultimo segundo consegue salvar o objeto roubado, embora tenha tenha jogado um dos ladrões pela janela e ele acaba morrendo.

   Após o tumulto do roubo Barry está de volta e mau chega se depara com a noticia que o Flash matou um homem e não é só isso quando ele vai ver o corpo reconhece ser seu amigo Manuel.

   E agora Barry está convencido de que não matou ele e tenta descobrir por conta própria outra causa da morte que o tenha o levado a morrer, mas no meio da sua pesquisa ele é surpreendido por um cara encapuzado que descobrimos ser ninguém menos do que o até então morto Manuel e não é só isso ainda vem sendo perseguido, e agora só resta Barry descobriu o que aconteceu e por que Manuel morreu e voltou a vida.

" O Flash com certeza é um dos meus herois preferidos só perdendo para o Super Man, e essa hq e muito emocionante e deixa o leitor querendo mais e mais embora só tenha 22 paginas, e só posso falar e que me identifico muito com o Barry Allen e vou tentar continuar a ler as outras hqs."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa