quinta-feira, 9 de março de 2017

[Resenha] Pântano de Sangue - Os Karas #2 | Pedro Bandeira



Ficha Técnica:

Livro: Pântano de Sangue
Serie: Os Karas
Volume: #2
Paginas: 192

Ano: 2014
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Moderna



  Essa é mais uma aventura dos Karas, e dessa vez eles irão mais além do colégio Elite, em São Paulo. Tudo irá começar quando o professor de matemática deles aparece morto, mas o que chama atenção é a forma brutal como ele foi assassinado, para ser por um simples roubo de rua. É claro, tem muito mais coisas por trás disso e, o Crânio irá descobrir.

  A teoria de Crânio, consiste em que o seu professor tenha fotografado algo que não devia na suas ferias no Pantanal. E dai, alguém veio de lá para matar ele para garantir que ninguém descobrisse sobre a tal foto... Meio louca essa teoria, né? Os Karas também não irão acreditar, e, assim o Crânio irá sozinho para o Pantanal, para provar que estava certo e descobrir o que fez o seu professor ser morto...

  Quando ele chegar ao Pantanal, ele vai descobrir que a historia é bem pior do que ele imaginava. Lá está acontecendo diversos crimes ambientais, como trafico de animais, desmatamento e até o crime organizado (de drogas) está lá. Para ele começar a busca, nada melhor do que refazer os passos do seu professor, e, com isso, entrará na historia como guia turístico o índio Robson, que é hilário.


  Bom, ele não iria sem mais nem menos para outro estado, né? Crânio, iria ficar hospedado na casa da sua tia Matilde, uma senhora excêntrica que é dona de uma fazenda e muitas terras por lá. Mas os dois não irão acabar se desencontrando no aeroporto, por causa de um incidente e, ele vai acabar conhecendo o Senador, um homem muito respeitado e conhecido por todos, e está disposto a ajudar ele nessa busca.

  Mas e os outros Karas? Magri, Miguel, Kalu e Chumbinho?

  Calma, eles irão participar dessa aventura mais a frente... Crânio vai descobrir - depois de algum tempo - que Elias tinha descoberto possivelmente o esconderijo dos coureiros, pessoas que matam os jacarés para pegar o seu couro. Só que isso estava sendo comandado pelo Ente, uma pessoa muito poderosa e influente no submundo do crime (internacional). Mas, quando ele descobre isso, ele também acaba sendo capturado...

  Agora, resta ao outros Karas irem para o Pantanal, salvar Crânio, mas a única pista que eles tem é que ele foi capturado pelo Ente, que ninguém conhece... Só que isso não é motivo para desanimar os Karas, eles irão fazer de tudo para montar esse quebra-cabeça e descobrir quem está por trás de tudo e salvar seu amigo.

  "Esse livro não foi tão bom quanto A Droga da Obediência. Talvez pelo motivo do autor passar muito tempo falando dos problemas ambientais do Pantanal, que eu sei que é uma realidade, mas isso acaba sendo frustrante (aqui) quando esperamos ver cenas dos Karas em ação, entende? Mas o final foi muito bom, embora fique um pouco óbvio na metade do livro de quem seja o Ente."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa