quinta-feira, 3 de novembro de 2016

[Resenha] Sociedade Secreta, Rosa & Túmulo


Ficha Técnica:

Livro: Rosa & Túmulo
Serie: Sociedade Secreta #1
Paginas:
Autora: Diana Peterfreund
Editora: Grupo Editorial Record
Selo: Galera
  
  "Nunca podemos contar a ninguém que somos membros... Não podemos jamais abandonar a sociedade ou revelar nenhum de seus segredos ou nós seremos mortos... Quais desses boatos são verdadeiros e quais são teorias de conspiração exageradas? Eu lhe diria, mas aí teria que matá-lo. Não acredita em mim? Tudo bem, então vire a página. Mas não diga que eu não avisei..."

  Já imaginou entra em uma sociedade secreta na faculdade? Isso por si só já seria incrível, participar de um grupo onde todos tenham os mesmos interesses que você, mas e se essa sociedade além disso tivesse influencia no seu futuro? E eu falo de contatos com todas as pessoas mais influentes do mundo, e sabe como isso é possível? Porque todas elas participaram dessa sociedade.

  Essa sociedade que eu falo é a Rosa & Túmulo, originalmente criada apenas para os homens mais ricos e influentes da época, mas o passar dos anos foram abrindo exceções para a entrada de pessoas normais que mostrassem talentos especiais, só que continuava sendo permitido apenas a entrada de homens.

  Até ai tudo bem, mas como vai se desenvolver essa historia já que a protagonista é uma garota?

  Amy, está nos seus últimos anos na faculdade Eli - uma da liga Ivi -, e é nesse período onde as sociedades do campus começam a recrutar novos membros, e ela já está mais do que certa de que vai ser convidada para a Pena & Tinta, uma para futuros escritores/jornalistas.

  Agora vamos falar um pouco sobre a Amy, ela mora no campus em um alojamento com sua amiga Lidya, que também está animada para ser chamada para alguma sociedade, só que ela não revela para qual foi escolhida, ainda temos Bramdon, ele poderia ser considerado seu namorado, mas ela mantém a relação apenas como uma amizade com benefícios.

  Então em qual sociedade a Amy entrou? Foi na Pena & Tinta?

  Não, e nem ela sabe,  ela foi chamada para uma entrevista que ela pensava ser da Pena & Tinta, só que lá estava um tanto esquisito, ela encontrou uma sala escura com alguns garotos que não dava para reconhecer, e eles sabiam praticamente tudo sobre a vida dela - serio - e ainda fizeram algumas perguntas inusitadas.

  Resumindo, ela chegou a conclusão de que a entrevista não passou de um trote com ela, mas para a sua surpresa não demorou muito para ela receber um cartão da Rosa & Túmulo, e o que parecia estranho só estava piorando, porque como ela seria convidada para uma sociedade que só aceita garotos?


                                                 ----------  Rosa & Túmulo ----------

   Com o passar do tempo ela foi tendo mais evidencias de que estava mesmo sendo convocada para a Rosa & Túmulo, mas ainda se preocupava se isso tudo não iria passar de um trote, mesmo assim ela seguiu em frente e arriscou e sabe o que ela descobriu?

   Ela passou pela iniciação da sociedade que foi inacreditavelmente surreal, ela foi submetida a beber sangue em um crânio, ser jogada na piscina dentro de um caixão, sem contar que isso tudo sem ela ver ninguém que estava fazendo isso com ela, já que todos os garotos estavam com capuzes e roupas pretas.

   Mas no final para sua surpresa ela foi mesmo aceita na Rosa & Túmulo, que agora está abrindo uma exceção para a entrada das primeiras garotas, mas como eu falei ela agora terá uma vida boa, com emprego e tudo que ela quiser garantido, e em troca a sociedade pede apenas que nada do que acontece lá, ou até mesmo que você é um membro pode ser contado para alguém.

   Só que esse sigilo sobre a sociedade pode acabar com as amizades de Amy? Ou até mesmo no seu interesse amoroso?

   Sobre as amizades vocês terão que descobrir, mas sobre interesses amorosos... Lembra que eu falei que ela tem um caso com o Bramdon, só que agora ela vai estar próxima de Malcon, um garoto rico, e que também é da sua sociedade e vai até rolar um clima entre eles, mas - spoiler - ele é gay -, tirando isso ainda terá o garoto mais pegador do campus querendo ficar com ela, e ai com quem ela vai ficar?

  Já deu para perceber que a vida de Amy mudou radicalmente após sua entrada na sociedade, mas até onde esses benefícios serão bons para ela? Além é claro de ela não poder contar a ninguém que pertence a ela, ainda terá que sofrer com um grupo de ex-alunos que não estão a favor da entrada de mulheres na sociedade, e isso vai causar uma confusão que só lendo para saber o que irá acontecer no final.

  "Esse poderia ser um livro 5 estrelas com certeza, mas a autora a partir do meio do livro desandou com a historia que estava viciante, virou monótona e chata, todo o ar de sociedade secreta já era bom por si só, mas ela quis deixar isso de lado para falar dos direitos das mulheres poderem ou não entrar na sociedade, e isso decorreu quase metade do livro, e no final esse problema foi resolvido em duas paginas, e nem do jeito que você possa imaginar, foi tão inacreditável que chegou a ser engraçado, mas pelo menos foi resolvido e vamos ver o que nos aguarda no segundo volume."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa