terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

[Resenha] Kimi Ni Todoke #3


Ficha Técnica:

Mangá: Kimini Todoke
Volume: #3
Paginas:
Mangaka: Kuruko Shiina
Editora: Panini Mangás





  Sawako, costumava passar seus sábados a noite em casa, cozinhando para os seus pais, mas agora com suas novas amigas, ela tem finalmente algo para fazer e hoje elas irão comer lamen, no restaurante do pai do Ryu, que alias depois elas vão ficar na casa dele, e com as conversas estando tão boas, eles resolvem chamar o Shouta, também, mas adivinha quem vai ligar pra ele? Sim, a Sawako, e vai ser uma grande surpresa pra ele.



  Já na escola está chegando o festival de esportes, e nele teremos como parte do comitê o Shouta, que nesse mangá vamos descobrir o seu lado atlético, que vem desde o ginásio - sim, vai contar um pouco da vida dele antes.

  Nesse festival irá acontecer vários jogos de diferentes esportes, e os alunos podem participar de qualquer time, e a Sawako, escolheu jogar futebol, mas como uma garota que até então nunca se socializou com ninguém, pode saber jogar?



  Sim, ela não sabe, mas como ela é sempre determinada a agradar todos, ela vai tentar aprender, e com Shouta, como professor como não aprender?



  vamos ter a entrada de uma nova personagem no mangá, ela é uma antiga colega de turma do Shouta, e vai começar a se aproximar muito rapidamente de Sawako, e ingênua como ela é, só podemos esperar que ela não se machuque nessa amizade - ela já fez algumas aparições nos volumes anteriores, e deixou bem claro os seus sentimentos por Shouta.

  "Com esse mangá, começamos a ter o inicio de um triângulo amoroso entre Shouta, Sawako e "  ", mas não foi só esses romances que começaram a aparecer,  mas mudando de assunto, vamos descobrir um pouco do passado dos personagens e a revelação de uma personagem que já aparecia a algum tempo nos volumes anteriores, e só posso falar que nós próximos volumes teremos muitas confusões."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa