segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Resenha: The Flash #2


Hq: The Flash #2
Autor: Francis Manapul e Brian Buccellato
Editora: DC Comics
Nota: 5/5 

"... Você precisa aprender a usar seu cérebro para se conectar a está força da aceleração... Já ouviui falar de 'cognição aumentada'?... É uma neural focada em expandir os limites da cognição do cérebro humano... Domine essa cognição e não haverá limites para o que você pode alcançar... Você só precisa descobrir como disparar o processo."

Após o incidente com a "morte" de seu amigo Manuel, Barry segue em busca dos bandidos que invadiram a festa, mas ele percebe que não pode ser rápido o suficiente para salvar todo mundo, ainda mais quando ele descobre que eles pegaram Patty.

   Barry agora está focado em conseguir ser mais rápido, mas oque o está impedindo é que o seu corpo que está mais rapido que sua mente, mas quando os dois estiverem em sincronia ele poderá fazer coisas extraordinárias.

   E ainda teremos mais flashbacks de Barry e Manuel, quando eles se conheceram, e ainda mais descobriremos que ele não estava metido apenas com a mafia, mas também com a C.I.A. Deixando um final surpreendente, cheio de mistérios e novas teorias de onde ele pode estar ou o que fizeram com ele.

"Realmente essas hq's do Flash estão me surpreendendo, não só porque ele é o meu super herói favorito, mas por estar mostrando um outro lado dele, seus relacionamentos, amizades que te deixam presos nessa historia e que toda vez termina com um final que te deixa louco pela próxima edição."

Um comentário:

  1. Confesso que nunca li nada da DC, apenas da Marvel, mas acho que se fosse começar por algum da Dc, começaria com The Flash por ouvir tanto dele.
    Ótima resenha

    os-jovens-leitores.blospot.com

    ResponderExcluir

 renata massa