segunda-feira, 24 de julho de 2017

[Resenha] Pontapé Inicial - Bola na Rede #1



Ficha Técnica:

Livro: Pontapé Inicial
Serie: Bola na Rede
Volume: #1
Paginas: 136
Ano: 2014
Autor: Dan Freedman
Editora: Fundamento



  Jamie Johnson, é um garoto de 13 anos que adora futebol, seu sonho? Jogar no sub-14 do colégio Campo Real, mas isso é algo que está preste a se tornar realidade, afinal, sua mãe decidiu matricular ele lá esse ano, mas entrar no time só dependera dele...

  Ele é um garoto talentoso, isso podemos perceber logo de cara, mas também tem um problema em controlar o seu temperamento, o que o coloca em varias situações bem complicadas, o que no pior dos casos, poderia perder a cabeça no meio de um jogo...

  É claro que esse é um livro bem rápido (eu mesmo li em um dia), mas não significa que não teremos um pouco de profundidade nele.

  Como todo garoto, Jamie irá passar por problemas relacionados a sua pré-adolescencia... o mais legal é ver como ele começa a perceber sua melhor amiga/parceira de treino, que sempre o apoiou e esteve ao seu lado, de uma maneira diferente... isso também vai levar ele em varias confusões...

  Obviamente teremos muito futebol no livro, até porque esse é o foco principal, né? Tudo começa com a peneira para entrar no sub-14, mas de uma maneira bem leve, onde podemos perceber o amadurecimento do personagem, como ele vai se relacionando com outros jogadores e aprendendo como se tornar alguém melhor.

  Bom, só não espere que Jamaie já seja um astro desde o começo, o.k? Ele começa com “baby steps”. E nem sempre as coisas saem do jeito que ele imagina, mas torcemos que de tudo certo no final.

  Perceberam que não falei muito sobre ele ter passado na peneira? Ou sobre algum jogo? Então, isso é algo complicado de se falar. Os jogos são bem intensos e bem narrados, mas não posso/quero estragar a sua surpresa de quem irá ganhar as partidas, mas ti garanto que vai ser emocionante...

  “Esse é um livro leve e rápido para se ler em uma tarde. Particularmente gostei muito da historia do Jamie e quero ver até onde seu talento vai levá-lo – espero que muito longe. É claro, ele tem alguns defeitos como o seu temperamento, mas nada que o seja resolvido com um pedido de desculpas, né?”


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa