segunda-feira, 5 de setembro de 2016

[Resenha] 16 Life #1



Ficha Técnica:

Mangá: 16 Life
Volume: #1
Paginas: 154
Ano: 2010
Mangaka: Aikawa Saki
Editora: Sho-Comi (Shogakukan).



   Nesse mangá, iremos conhecer Saya, uma jovem e inocente garota colegial, que ainda não pensa muito sobre o seu futuro, que profissão deseja seguir, mas quem é que a esta culpando? Essa é a época em que pensamos apenas em nos divertir e viver romances, não é mesmo?

 Só que Saya, adora cantar e tem uma voz incrível, embora ela mesma não reconheça, mas em um certo dia enquanto estava cantando sozinha em um karaokê, ela foi surpreendida por um produtor musical, que a ouviu sem querer, e logo ficou interessado nela, só que para ela, ser cantora está fora de questão, ou melhor, nem tanto.

   O tal produtor é Takae, um jovem de 25 anos, super famoso no ramo musical. Mas ser abordada do nada, pareceu meio suspeito, só que Saya, sem querer, acabou quebrando os óculos do Takae, e digamos não eram muito baratos, e agora?

   Agora ele está usando isso como suborno para Saya, trabalhar no seu estúdio, e assim pagar pelos óculos. Eu sei, até aqui está parecendo um pouco clichê, mas é daqui em diante que a historia realmente começa, e sabe o porque?

  Saya, vai começar a trabalhar no estúdio, ter aulas de canto, e vez ou outra um desentendimento com Takae, mas não podendo negar, que todos ao seu redor, estão percebendo o seu talento que já era bom, ficar muito melhor, e sem sombra de dúvidas ela se tornará um ótima cantora quando estrear.

  Como eu falei, os dois sempre acabam discutindo por qualquer assunto, e nem preciso falar que depois vai começar a rolar um romance entre os dois, só que não vai ser nada tão clichê, porque Takae, vai meio que começar o namoro, apenas para Saya, gostar mais dele e permanecer no estúdio.

  Por enquanto não teremos tantos acontecimentos além da apresentação dos personagens, e por sinal, não vamos saber muito sobre Takae, embora tenhamos no último capitulo, um pouco sobre suas reais intenções sobre Saya. E sobre personagens secundários? Teremos apenas o , um goroto amigo da Saya, que é apaixonado por ela, mas da para perceber que ele só ta lá para tentarem fazer um triangulo amoroso no próximo volume.

  "A historia desse mangá é legalzinha, mas não conseguiu me prender em nenhum momento, a arte também tem algumas falhas. Como posso dizer, pela capa e sinopse, pensei que entraríamos de verdade em uma historia de astros do rock, no entanto, temos um romance forçado, e musica. Ainda vou ler o segundo e último volume, só para saber como termina."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa