quarta-feira, 25 de março de 2015

Resenha: Legend


Ficha Técnica:

Livro: Legend: A Verdade se Tornará a Lenda
Serie: Legend
Volume: #1 de #3
Paginas:
Ano:
Autor: Marie Lu
Editora: Rocco Jovens Leitores


  "Ela não é cínica nem cética. As ruas não a debilitaram, pelo contrario, a deixaram fortalecida. Como a mim."

  Em um futuro distópico, o pais que era conhecido como Estados Unidos, agora se chama República, uma forma de governo que surgiu para melhorar a vidas dos patriotas, mas que tudo depende de como você irá no teste, que todos são obrigados a fazer ao completar 10 anos.

  Tirando um pontuação baixa você é mandado para os campos de trabalho, mas quando se tira uma nota alta, você tem direito a fazer uma faculdade e a ter um emprego, quanto mais alta sua nota, melhor será sua situação na sociedade.

  Apenas uma garota chamada June, conseguiu a pontuação máxima no teste, a inteligência dela é tanta que começou a cursar a faculdade logo cedo e em pouco tempo já era uma oficial da república, mas as circunstâncias que a fizeram ganhar esse posto foram um pouco forçadas dadas a situação do momento.

  June, perdeu os pais muito pequena, cresceu apenas ela e Metias, seu irmão, tendo um ao outro apenas, eles moravam em um apartamento e pode se dizer que tinham "condições", recebiam a vacina todos os anos, contra a "praga" que mata varias pessoas em todo o pais.
Mas com a noticia da morte de Metias, June, praticamente teve o seu mundo desmoronando e tendo apenas uma coisa como objetivo para seguir em frente, matar Day, o assassino de seu irmão.

  Day, é um dos bandidos mais procurados do pais, mas quando olhamos sua lista de antecedentes criminais, não vemos nenhuma morte causada por ele, ou melhor até agora. Day, ao contrario do que a "elite" prega contra ele, nós podemos perceber que ele apenas ajuda as pessoas dos setores pobres, roubando comida e dinheiro dos ricos, mas quando teve que roubar o remédio contra a praga, para salvar o seu irmão contra essa doença, ele teve a infelicidade de cruzar o seu caminho com o de Metias, mas lembre-se "ninguém é culpado até que se prove o contrario".

  Agora temos June, a pessoa mais inteligente do pais, atrás do criminoso mais procurado, que alias ninguém não sabe nem como é o seu rosto, conseguirá ela por um fim nesse caso, mas posso garantir que ela descobrirá mais coisas por trás da morte do seu irmão, do que o governo mostra.

  "Essa com certeza já é uma das minhas distopias favoritas, motivos? Marie Lu, criou personagens incríveis, inteligentes e sem contar com o mundo distópico por si só. Você já sentiu aquela sensação de estar com o "coração na garganta", - sim, aquela mesma, que o coração parece que vai sair pela boca - é mais ou menos assim que você se sente em algumas partes do livro, principalmente quando estamos falando do Day."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 renata massa